Ao que lhe fere

/
0 Comments
Acho que a vida é feita de frustrações.
Olho para o meu violão no canto do quarto e me iludo
são quinze anos sem saber toca-lo.
Sabe, nem todo mundo nasce com o dom de ter tempo.

Vocês fazem mó auê por causa da carne, ou de quão grande é casa daquela mulher famosa.
Qual foi mesmo o assunto da semana? Aaah é.... aquele filme de super-herói e o super-herói que matou o seu colega de quarto, diz ele que por autodefesa, e quem sou eu para julgar? Perdi a conta de quantas vezes me vi sem família só para o peso nas costas acabar.

Meu auê se chama dor de cabeça, após trabalhar janeiro inteiro em baixo de 30 graus de sol, só me alivio no inverno, que congelo aos 15 graus medianos de São Paulo.

Não venha tentar me educar e dizer que meu problema é só falta de informação. Meu caro...  Meu problema é falta de dinheiro e de tempo para fazer mais dinheiro.

Você sabe o que é ter que sustentar uma família que nem ao menos foi você que fez? Pois é, são três irmãos pequenos e eu mal tenho 20 invernos e sou incapaz de deixá-los morrer de fome.

Então para com esse seu conto de fadas que me fere, que influi que eu sou burro. Eu sou é bem inteligente, pena que o sistema não engloba o menino que empina pipa as férias inteiras na periferia.

Muito menos uma mãe que não entendia o que era contraceptivo e que homens muitas vezes não são bons. Desculpa aí se o seus pais são cuidadosos e você tem seu aconchego de ser filho único, e tu ainda vem apontar o dedo na minha cara dizendo que tenho tudo.

Tudo o que? Eu tenho fome de mil sonhos impossíveis, tenho uma irmã que se arrasta em bailes por drogas e uma mãe ajoelhada em lágrimas na igreja da esquina 3x por semana. Tenho carência de um pai que não sei o nome e a escola que nunca soube quem eu sou.

É 2017 e o máximo que alcancei é ser servente de pedreiro, eu me mato o dia inteiro arrumando o seu banheiro, onde você faz as suas merdas enquanto eu procuro o melhor abrigo para os meus irmãos, com medo das tendências suicidas da matriarca.


Sabe tudo que eu tenho é inveja da sua vida dura de acordar 7:30 para assistir uma aula de ciências humanas, invejo seus assuntos no bar “você acha mesmo que a república de Platão alcançaria uma sociedade perfeita? ”, eu não sei quem foi Platão, mas sei muito bem que a sociedade está muito longe da perfeição. 


You may also like