/
0 Comments
Sou muito ansiosa, leio livros numa velocidade absurda, porque não consigo nem dormir sem saber o final. Queria ter te lido rapidamente, assim conseguiria entender o fim. Mas você me emprestou o livro e tomou assim que acabei de ler a introdução, e eu estava interessada no que acontecia no resto da história.

Quando você reapareceu alegando que sentia saudade, aquela foi a primeira vez que sentiu falta? Eu sentia e sinto todos os dias e a todo o momento, parece que seu cheiro está cravado até no ar que respiro.
Já tive medo de pegar o metro e te encontrar, na verdade eu te via em todas as estações e em todos os vagões. Há em SP um lugar seguro de você?
Você é quem eu apresentaria aos meus amigos e diria: “ele é o cara”. Ninguém antes conseguiu de mim o que você conseguiu e eu achava impossível que um dia eu me apegasse assim. Sempre aleguei que poderia controlar o que sinto, pensava que era assim até sentir algo por você e perder todo o controle.
Você sempre me disse que a vida é uma só e que devemos aproveita-la, infelizmente não viverei outra vida para te ter, queria ter lhe tido completamente nessa.

Odeio como sou tudo ou nada e eu te tornei o meu tudo, agora, parece tão impossível te tornar nada. Todos passam por um amor que o destrói e faz amadurecer, o meu é você. 


You may also like