Nunca pedi para os deuses que me abençoassem com romance. Apesar de ser uma adolescente na flor da idade, queria apenas ser abençoada com poesia.
                Mas os céus me foram cruéis. Apaixonei-me antes de minha décima quinta primavera. De primeira já fora uma flecha certeira. Uma flecha certeira que dilacerou meu coração
.

Compartilhe

Sobre o Autor

ANDRESSA PONTES Jornalista e fotógrafa nas horas vagas.Neste blog posto pensamentos,frases e textos de autoria própria. Me siga nas redes sociais e curta o blog!