Um pouco sobre mim.

/
0 Comments

           Recordo-me de um amigo, de um pouco de mim em um lugar distante. Vidas apenas minhas, porém diferentes. Relembro momentos felizes e tristes, muitas partidas, nenhum retorno. Sinto falta daquele abraço, de uma pessoa especial, de um amor platônico, de um pouco de fé.
          Lamento por oportunidades perdidas, escolhas não feitas, lembranças reconfortantes que não foram reais. Lamento por lágrimas em momentos inoportunos, principalmente as que não pude derramar.
          Sinto falta daquilo que me foi roubado, das vezes que fui obrigada a abandonar minha própria vida. Desde sua constante mudança se foram 18 bairros, nove escolas e uma chance. Muitas pessoas passaram por mim, porem foram apagadas como se nunca houvessem existido. Muito tempo passou em vão frente aos meus olhos impotentes de qualquer argumento.
                E dessas intrigas de cada vez que pude recomeçar me veio essa mente conturbada. Sou egocêntrica, obsessiva e uma doce pessoa cruel. Odeie-me aquele que não criaria um universo paralelo onde nenhuma mente confusa se perderia. Onde até mesmo os loucos são normais.



You may also like