Mamai

/
1 Comments


                Não gosto de me lembrar disso, mas é inevitável... Lembro-me desse dia e sinto como crianças quando acordam de pesadelos tenebrosos que se dissipam com o calor de uma luz acesa. 
                Era estranha a maneira que as horas pareciam se arrastar, me sentei no chão daquela rodoviária escassa de privacidade e olhei para a senhora, olhei como se fosse a ultima vez na vida que a veria. Vi meu pai ao seu lado falhando em tentar te consolar, você chorava, chorava como uma criança, desta mesma forma eu comecei a chorar.
                Nós nunca fomos um exemplo de mãe e filha, sempre tivemos nossos problemas e nossas brigas intermináveis. Mas acima de tudo você sempre foi o meu Sol. Apesar de haver dias tão nublados e chuvosos que mal se podem sentir o calor do Sol, sempre se pode ter certeza que ele está ali, esperando uma oportunidade para aparecer... Assim como a senhora que sempre está comigo, até mesmo estando distante...
                Quando percebi tudo que estava acontecendo, eu já estava dentro do ônibus, minhas malas a muito haviam sido arrumadas.  Naquela janela tinha a visão turva da senhora acenando para mim, dizendo um até logo e se afogando em lágrimas... Naquele momento eu não entendia a sua importância e o motivo de tudo aquilo, a única coisa que lembro perfeitamente é que doía muito e as lágrimas não cessavam. Eu podia ver que havia chegado um grande inverno.
                Se alguém me perguntar se eu já tive um momento ruim na vida, eu posso pensar em alguns sem relevância, mas com certeza sempre me vem em mente uma época. A época que a senhora não estava ali para brigar comigo, para me repreender ou fazer qualquer coisa que uma mãe faz, eu me sentia abandonada e sem nenhum motivo para sorrir. Por mais egoísta que seja da minha parte e eu sei que é, eu me senti bem quando soube que a senhora compartilhava dos mesmos sentimentos.
                Pareceram décadas, infelizmente essa foi á única forma que podemos enxergar o amor que sentíamos. Antes acreditávamos que não fomos feitas para viver nesse mesmo mundo. Agora já é bem ao contrario, vivemos nesse mundo para estarmos juntas. Eu demorei 16 anos para te conquistar, para conquistar sua amizade, seus sorrisos e por pior que seja para poder compartilhar suas lágrimas. Mas não me arrependo. Se quando eu era criança eu soubesse que tudo que eu passava era para ter a senhora da maneira que tenho hoje, certamente teria sido mais forte em todas minhas decisões. Por que nada nesse mundo é mais importante do que o seu sorriso para mim.
                Eu escrevo tanto, mas quando se trata de você eu não consigo escolher palavras, por que nenhuma é suficiente nem cabível para você. Mas mãe, eu tenho orgulho da senhora, jamais poderiam escrever historias de guerreiras sem citar a SUA.
                 A senhora sempre me ensinou a ter os pés no chão, mas meu sonho é ensinar á senhora a sonhar e a sorrir todos os dias. Gostaria de tornar um dia seus sorrisos mais fáceis e tudo menos complexo. Mas tudo vai ficar bem... Por que Eu Te Amo e você me Ama e sempre estarei com você independente de distancia ou qualquer coisa.
                Aqueles dias e meses que passei distante de você eu percebi como minha vida é insignificante sem a pessoa mais importante que existe nela. Queria poder te dar um presente que você mereça, mas infelizmente não tenho como te dar o universo e sua infinidade. Então deixo aqui uma pequena parte de meus sentimentos e algumas palavras doces de amor. 
                Eu te amo, minha rainha, minha guerreira, Feliz dias das Mães mamaizinha.     


You may also like