-'



Ela abriu um sorriso tão grande em seu rosto tão pequeno, um sorriso que só cabia a ela, só servia para os seus olhos e para seus sonhos. E de uma forma tão sincera, ela arrancava sorrisos de quem estava por perto. Uma pequena garota ingênua vivendo sobe esse mundo de desesperança. Ela sorria tanto para o Sol quanto para Chuva, ela me trazia a saudade de quando tudo era mais simples, quando coisas importantes não eram apenas ocasionais. 

Compartilhe

Sobre o Autor

ANDRESSA PONTES Jornalista e fotógrafa nas horas vagas.Neste blog posto pensamentos,frases e textos de autoria própria. Me siga nas redes sociais e curta o blog!