Vazio

/
1 Comments

                Talvez as melhores coisas da vida só aconteçam quando não estamos sozinhos e nem quando estamos numa multidão, são coisas simples, só notamos depois que o tempo nos trás a saudade. Infelizmente as pessoas entram uma na vida das outras, com um olhar, uma palavra, um gesto, tocam numa vida e deixam marcas irreparáveis, sendo elas boas ou ruins. Pessoas são tão complicadas, frias e confusas.
                  Uma garota de um metro e meio, pele escura como a noite, interrompeu uma figura que viaja sombriamente sozinha.
- Você gosta muito desse lugar né?
- Sim
- Por quê? O mar é tão fascinante assim?
- Sim, ele me acalma e me conforta.
- Mas é só um monte de água.
-... É o monte de água que me faz esquecer tudo.
- Tudo o que? Sua vida é tão ruim assim?
- Não pra você... É só complicado. E afinal o que você está fazendo aqui, não deveria estar em casa?
- Casa... eer gosto de conversar com você
- Gosta é?
- Sim eu gosto...
                Antes tivesse parado nessa pequena conversa sem fundamentos, mas manhãs se abriram e noites cessaram, em meio tanta solidão. Duas pessoas que viravam uma. Anos, dias, momentos passaram e ficaram pra trás, sobre uma testemunha, um único mar que tanto esperou até recebê-las, tornando-as frias e ocas. Como se nunca tivessem existido...


You may also like